Como consultar FGTS pelo CPF

Você sabia que é possível consultar o FGTS pelo CPF? Não? Pode ficar calmo, vamos te ensinar direitinho o passo a passo para que você consiga saber sua situação.

Mas, antes disso, para quem está totalmente por fora do que estamos falando, vamos explicar tudo sobre o FGTS.

FGTS

Você sabe o que é FGTS?

FGTS nada mais é que uma sigla para Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Ele foi instituído em 1966 com o objetivo de proteger o trabalhador em casos de demissão sem justa causa, doenças graves, aposentadoria, entre outras situações específicas.

O FGTS funciona como uma poupança compulsória. Ou seja, é um valor que o empregador é obrigado a depositar mensalmente em uma conta vinculada em nome do trabalhador na Caixa Econômica Federal. O valor depositado corresponde a uma porcentagem do salário do trabalhador, atualmente equivalente a 8% do salário bruto.

Esses depósitos são realizados mês a mês e formam uma reserva de dinheiro em nome do trabalhador. Os valores depositados não são descontados do salário do empregado, mas sim uma obrigação do empregador.

O FGTS é um direito dos trabalhadores regido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e tem como finalidade principal fornecer uma segurança financeira ao trabalhador em situações específicas, como a demissão sem justa causa, quando o empregador é obrigado a pagar uma indenização ao trabalhador com base no saldo do FGTS.

 

Quando o FGTS pode ser usado?

O FGTS pode ser utilizado em diferentes situações específicas, de acordo com as regras estabelecidas pela legislação trabalhista brasileira. As principais situações em que o trabalhador pode utilizar o FGTS são as seguintes:

  • Demissão sem justa causa: Quando ocorre a demissão sem motivo legal por parte do empregador, o trabalhador tem direito a receber uma indenização correspondente ao saldo total do FGTS, incluindo os depósitos realizados durante todo o período de trabalho.
  • Aquisição da casa própria: O FGTS pode ser utilizado como parte do pagamento ou para amortização de financiamento habitacional, seja para aquisição de imóvel, construção, reforma ou liquidação de parcelas do financiamento. Existem critérios específicos para o uso do FGTS nessa finalidade, como o tempo mínimo de trabalho, não ser proprietário de imóvel no local onde pretende utilizar o FGTS, entre outros.
  • Doenças graves: Em casos de doenças graves do próprio trabalhador, de seus dependentes ou de pessoas que possuam grau de parentesco próximo, é possível sacar o FGTS para custear tratamentos médicos ou despesas relacionadas à saúde. É necessário apresentar laudos e documentos que comprovem a condição de saúde.
  • Aposentadoria: Quando o trabalhador se aposenta por tempo de contribuição ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ou por idade, ele tem direito a sacar integralmente o valor do FGTS acumulado em sua conta.Como consultar FGTS pelo CPF

Veja outras possibilidades de usar o FGTS:

  • Suspensão do trabalho: Quando for dado em opção ao trabalhado, participar de programa de qualificação, ele pode suspender o trabalho e o trabalhador pode sacar parte do FGTS.
  • Casos de calamidade pública: Em situações de calamidade pública declaradas pelo governo, como enchentes, deslizamentos de terra, incêndios, entre outros eventos, é possível sacar o FGTS para ajudar na reconstrução e recuperação dos danos.
  • Conta inativa: Caso o trabalhador tenha contas inativas de empregos anteriores, ou seja, contas de FGTS de empregos dos quais ele já se desligou, é possível solicitar o saque do saldo acumulado nessas contas em determinadas condições e períodos específicos.

Consultar o FGTS pelo CPF – Passo a passo

Para consultar o saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) utilizando o CPF, você pode seguir as seguintes etapas:

  1. Acesse o site oficial da Caixa Econômica Federal, responsável pela gestão do FGTS: www.caixa.gov.br.
  2. No site da Caixa, procure pelo menu FGTS e clique nele.
  3. Em seguida, você será redirecionado para uma página com várias opções relacionadas ao FGTS. Busque por “Consulte seu FGTS” e clique.
  4. Na página de consulta do FGTS, você terá duas opções de consulta: “Consultar por CPF” ou “Consultar por NIS/PIS/PASEP”. Escolha a opção “Consultar por CPF”.
  5. Agora, você será direcionado para uma nova página onde deverá preencher as informações solicitadas. Insira o seu número de CPF, nome completo, data de nascimento e clique em “Continuar”.
  6. Caso seja a sua primeira vez acessando o sistema, será necessário criar uma senha de acesso. Siga as instruções apresentadas na tela para criar uma senha segura.
  7. Após criar a senha, faça o login no sistema utilizando o CPF e a senha recém-criada.
  8. Após efetuar o login, você poderá consultar o saldo disponível em sua conta de FGTS, além de outras informações relacionadas, como extratos e movimentações.

Veja também:

Como juntar dinheiro: Dicas para construir sua poupança

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *